Lígia, 24 anos. A pior hora é quando eu lembro que tenho que entrar aqui e atualizar esse número mais uma vez.

Contato/MSN: ligiamelia@hotmail.com

Alquimia do Verbo

Onomatopéia

One Last Run

Um pouco de bossa

Tutameia em Prosa

Amarelo Banana

Champ Vinyl

Champ Chronicles

Me Exorcisa

O Vale de uma Boneca

Isshou

Carolina Villenflusser

Manual do Cafajeste

Te Dou Um Dado

 

Complexo de idosa super extra master blaster. Fin...

Tem dias que a gente se sente Como quem partiu ou ...

Daí, de repente, eu parei. E descobri que, talvez...

Querido diário... Hoje acordei com preguiça de ir ...

Meu blog é o quinto ou sexto resultado no google q...

Quem diria que um dos finais de semana mais legais...

Tauane tem onze anos, apesar de não aparentar mais...

Pequeno dicionário Veja de palavras ofensivas Ma...

A infanticida Marie Farrar Bertold Brecht 1 Mari...

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Abril 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Agosto 2007

Setembro 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Janeiro 2008

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

*quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Existem coisas que, por mais que estejam bem na palma da nossa mão, escapolem por entre os nossos dedos no mínimo das distrações.

Assim são a amizade, a confiança, o amor, a admiração.

Quase que me vi perdendo tudo isso esses últimos dias, em varias ocasiões. Acho que consegui fechar a mão a tempo, mas isso é o que eu acho.

Meus dedos, muitas vezes, são mais curtos e menos ligeiros do que eu queria. Mas eu juro, seja lá pra quem for, que eu faço o máximo que eu posso.


por Amelie às 15:24 | 5 comentários

____________________________________________________