Lígia, 24 anos. A pior hora é quando eu lembro que tenho que entrar aqui e atualizar esse número mais uma vez.

Contato/MSN: ligiamelia@hotmail.com

Alquimia do Verbo

Onomatopéia

One Last Run

Um pouco de bossa

Tutameia em Prosa

Amarelo Banana

Champ Vinyl

Champ Chronicles

Me Exorcisa

O Vale de uma Boneca

Isshou

Carolina Villenflusser

Manual do Cafajeste

Te Dou Um Dado

 

O saco de ir embora é que tudo é pela última vez. ...

Da série coisas que eu comprei sem precisar com d...

Peraí, como assim? Explica isso melhor!

Levanta às 5h30. Se arruma. Vai pra a auto escola....

Cheirinho Acho que nunca mais vou lavar meu casaco...

O meu amor Tem um jeito manso que é só seu E que m...

A Nati ex-Paty Maionese me mandou uma brincadeirin...

Só pra lembrar que eu odeio carros, não tenho a me...

CFC Cerca de 40% das pessoas que prestam o exame ...

Eu anunciei, no começo deste ano, que o fim dos di...

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Abril 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Agosto 2007

Setembro 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Janeiro 2008

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

*sexta-feira, 16 de maio de 2008

Minha professora de Jornalismo Econômico contou que viu em um documentário sobre a China que lá eles falsificam de tudo - até ovos. Falsificar tudo, beleza, mas ovo é demais para a minha cabeça.

Procurei no google algo a respeito, curiosa pra ver a coisa. Digitei "ovo falsificado" no singular e no plural, digitei "ovo", "falsificação" e "China" em todas as possíveis combinações e nada.

Se não tá no google, eu não acredito.

Aliás, é tão chique falar ovos no plural (tipo, não "2 ovos", mas tipo "preciso comprar ovos"). É que nem "como seus cabelos estão bonitos", "como essas calças caem bem em você" ou "esses oculos são tão chiques". Ovos.


por Amelie às 14:33 | 7 comentários

____________________________________________________

*domingo, 11 de maio de 2008

Descobri um dia desses, em circunstâncias das mais absurdas que, em inglês, "suspiro" é "sigh". Daí fui procurar no dicionário e achei "suspiration", mais broxante ainda. "Suspiro" é tão bonito. Não só a palavra, mas a coisa. Uma combinação bonita de uma palavra com um som legal e uma coisa mais legal ainda. Tem "sussuro" também. O equivalente em inglês é legal também, mas nem tanto.

"Suspiro".

Há, o post era só isso mesmo.


por Amelie às 18:41 | 2 comentários

____________________________________________________

*domingo, 4 de maio de 2008

Cara, que vontade de escrever um post com umas 30 linhas, tipo daqueles que vem 20 neguinhos comentar, sabe? E o pior é que coisa pra comentar não falta. Que nem o cara que sentou no meu lado no ônibus VAZIO ontem, e não parava de se coçar. E não era daquelas coçadinhas discretas não, fiquei com medo de pegar sarna. Ou então, na pizzaria, uma senhora gentilmente perguntando para a outra: "Quer fazer xixi aqui ou vai deixar pra fazer no cinema?". Um mimo. Ou então escrever: "Meu, faltam duas semanas pro Juca, mano, vamos beber até cair". Ou sei lá, contar que depois de um ano e dez meses escrevendo sobre concurso público eu finalmente estou livre - e que agora, vejam que bacana! - viverei por quatro meses mamando nas tetas do governo. Contar sei lá, da menina que eu conheci outro dia chamada Wine, assim, com dáblio i ene e, em homenagem à namoradinha do Kevin Arnold (aliás, o nome verdadeiro dela era Gwendolyn), ou do cara que mandou o currículo lá pra a Folha Dirigida chamado Bryan'n Jonnes (o sobrenome era algo como da Silva Pereira, mas eu não me lembro com mais exatidão). Mas sei lá, perdi a mão. Toda vez que eu penso em digitar www.blogger.com é sempre pelo mesmo motivo e eu não quero entediar meus leitores. Blé.


por Amelie às 14:11 | 5 comentários

____________________________________________________

There are places I'll remember
All my life though some have changed
Some forever not for better
Some have gone and some remain
All these places have their moments
With lovers and friends I still can recall
Some are dead and some are living
In my life I've loved them all

But of all these friends and lovers
There is no one compares with you
And these memories lose their meaning
When I think of love as something new
Though I know I'll never lose affection
For people and things that went before
I know I'll often stop and think about them
In my life I love you more

Though I know I'll never lose affection
For people and things that went before
I know I'll often stop and think about them
In my life I love you more
In my life I love you more

Pra que tentar achar palavras quando elas ja foram encontradas?


por Amelie às 13:33 | 0 comentários

____________________________________________________