Lígia, 24 anos. A pior hora é quando eu lembro que tenho que entrar aqui e atualizar esse número mais uma vez.

Contato/MSN: ligiamelia@hotmail.com

Alquimia do Verbo

Onomatopéia

One Last Run

Um pouco de bossa

Tutameia em Prosa

Amarelo Banana

Champ Vinyl

Champ Chronicles

Me Exorcisa

O Vale de uma Boneca

Isshou

Carolina Villenflusser

Manual do Cafajeste

Te Dou Um Dado

 

Uma coisa que muita gente não sabe é que existem p...

Dicas de alguém já aprendeu a lição... Quando voc...

Saudades infinitas... http://fflch2003.blogger.com...

Segunda-feira peguei o metrô e desci na estação Pe...

Os cem melhores filmes de todos os tempos de acord...

- Tomara que não chova hoje. - Tomara que dê tempo...

- Eu era tão feio que nem minha mãe me quis! Adot...

Eu sou uma pessoa legal. Eu não jogo papel de sorv...

Quando a gente é jovem acredita em todas as histór...

Vocês já sentiram tanta raiva de alguém a ponto de...

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Abril 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Agosto 2007

Setembro 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Janeiro 2008

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

*sábado, 19 de agosto de 2006

Uma amiga minha da faculdade pegou um filme do Fellini na biblioteca outro dia. Eu não teria porque fazer isso. Minha vida por si só já é altamente fellinesca.

Ontem fui na Unifesp entrevistar estudantes de Medicina para uma matéria. Andando destraídamente, entro numa sala repleta de corpos: novos, velhos, decompondo-se, inteiros, em pedaços. Uma cabeça feita só de carne e osso, sem olhos, boca e nariz é o novo papel de parede do meu cérebro.


por Amelie às 20:47 | 3 comentários

____________________________________________________