Lígia, 24 anos. A pior hora é quando eu lembro que tenho que entrar aqui e atualizar esse número mais uma vez.

Contato/MSN: ligiamelia@hotmail.com

Alquimia do Verbo

Onomatopéia

One Last Run

Um pouco de bossa

Tutameia em Prosa

Amarelo Banana

Champ Vinyl

Champ Chronicles

Me Exorcisa

O Vale de uma Boneca

Isshou

Carolina Villenflusser

Manual do Cafajeste

Te Dou Um Dado

 

Se você é classe média no Brasil (e isso vale espe...

Ok, ok. Visando evitar uma situação de pânico gen...

Se você for homem, cuidado. Há uma grande probabil...

Feriado Perfeito!- Pão de queijo e brigadeiro até ...

TCCOoops, agora já não tem mais jeito!

Deu no Terra:Mais um maluco invadiu o campo de alg...

Post-promessaNunca mais vou rir dos enamorados, po...

Ontem, voce me disse que morava no Brooklin. Foi d...

Qualquer coisa que eu escrevesse hoje aqui soaria ...

Dai o Fidel pega e renuncia. Meu deus, e agora? A ...

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Abril 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Agosto 2007

Setembro 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Janeiro 2008

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

*quarta-feira, 23 de abril de 2008

Daí que eu ponho o pé em casa e uou, uou, a terra começa a tremer. Tipo, pera, é terça-feira e eu não bebi, tem alguma coisa errada. Aí meu pai grita do quarto... liga a televisão, liga a televisão, é terremoto, é terremoto!

Que me perdoem aqueles que tem a cabeça no lugar, mas gente, que legal: eu vivi um terremoto, pena que foi fraquinho. E a gente que pensa que essas coisas só acontecem no Japão, na Tailândia, na Inglaterra e bam! terremoto delivery bem aqui, na minha sala, aqui na Lapa mesmo. Fantástico! Dá pra fazer de novo?


por Amelie às 22:24 | 6 comentários

____________________________________________________